• Search area
    • Site
    • Web
  • Search type
    • Web
    • Image
    • News
    • Video
  • Rubrica SAPO Desporto : César Mourão senta-se para as "Conversas de Café" 31-10-2014 17:11
    O ator César Mourão é o terceiro convidado da nova rubrica, na qual conta a sua relação com o futebol e com o "seu" Sporting.
  • Benfica-Rio Ave : "Encarnados" tentam regressar às vitórias e cimentar liderança 31-10-2014 17:11
    Benfica e Rio Ave defrontam-se a partir das 19h45.
  • Homem de 25 anos acusado do homicídio do guarda-redes sul-africano 31-10-2014 16:27
    Um homem de 25 anos foi esta sexta-feira oficialmente acusado de ter matado a tiro Senzo Meyiwa, o capitão da equipa sul-africana de futebol, no decorrer de um assalto no domingo passado. Zanokuhle Mbatha, de 25 anos, foi acusado de "homicídio e assalto à mão armada" e colocado sob prisão preventiva, indicou um porta-voz do ministério público sul-africano, Nathi Mncube. Senzo Meyiwa, de 27 anos, foi abatido com um único tiro no domingo passado, no decorrer de um assalto a casa da sua namorada em Vosloorus, uma pequena cidade 20 quilómetros a sul de Joanesburgo. O assaltante acabou por levar apenas um telemóvel. Trata-se da primeira acusação neste caso, considerado um drama nacional na África do Sul, um país onde se verificaram 17 mil homicídios no ano passado. O homicídio de Meyiwa levou ao adiamento do clássico entre os Orlando Pirates e os Kaizer Chiefs e uma declaração pública do presidente sul-africano, Jacob Zuma, que se manifestou "chocado" com o crime. O guarda-redes atuou sempre nos Orlando Pirates (um clube do Soweto), do campeonato sul-africano, e recentemente tinha conquistado a titularidade e a braçadeira de capitão da seleção, durante a fase de apuramento para a Taça das Nações Africanas de 2015. Meyiwa deverá ser enterrado no sábado na localidade de Umlazi, nas redondezas de Durban.
  • Homem de 25 anos acusado do homicídio do guarda-redes sul-africano 31-10-2014 16:27
    Um homem de 25 anos foi esta sexta-feira oficialmente acusado de ter matado a tiro Senzo Meyiwa, o capitão da equipa sul-africana de futebol, no decorrer de um assalto no domingo passado. Zanokuhle Mbatha, de 25 anos, foi acusado de "homicídio e assalto à mão armada" e colocado sob prisão preventiva, indicou um porta-voz do ministério público sul-africano, Nathi Mncube. Senzo Meyiwa, de 27 anos, foi abatido com um único tiro no domingo passado, no decorrer de um assalto a casa da sua namorada em Vosloorus, uma pequena cidade 20 quilómetros a sul de Joanesburgo. O assaltante acabou por levar apenas um telemóvel. Trata-se da primeira acusação neste caso, considerado um drama nacional na África do Sul, um país onde se verificaram 17 mil homicídios no ano passado. O homicídio de Meyiwa levou ao adiamento do clássico entre os Orlando Pirates e os Kaizer Chiefs e uma declaração pública do presidente sul-africano, Jacob Zuma, que se manifestou "chocado" com o crime. O guarda-redes atuou sempre nos Orlando Pirates (um clube do Soweto), do campeonato sul-africano, e recentemente tinha conquistado a titularidade e a braçadeira de capitão da seleção, durante a fase de apuramento para a Taça das Nações Africanas de 2015. Meyiwa deverá ser enterrado no sábado na localidade de Umlazi, nas redondezas de Durban.
  • Homem de 25 anos acusado do homicídio do guarda-redes sul-africano 31-10-2014 16:27
    Um homem de 25 anos foi esta sexta-feira oficialmente acusado de ter matado a tiro Senzo Meyiwa, o capitão da equipa sul-africana de futebol, no decorrer de um assalto no domingo passado. Zanokuhle Mbatha, de 25 anos, foi acusado de "homicídio e assalto à mão armada" e colocado sob prisão preventiva, indicou um porta-voz do ministério público sul-africano, Nathi Mncube. Senzo Meyiwa, de 27 anos, foi abatido com um único tiro no domingo passado, no decorrer de um assalto a casa da sua namorada em Vosloorus, uma pequena cidade 20 quilómetros a sul de Joanesburgo. O assaltante acabou por levar apenas um telemóvel. Trata-se da primeira acusação neste caso, considerado um drama nacional na África do Sul, um país onde se verificaram 17 mil homicídios no ano passado. O homicídio de Meyiwa levou ao adiamento do clássico entre os Orlando Pirates e os Kaizer Chiefs e uma declaração pública do presidente sul-africano, Jacob Zuma, que se manifestou "chocado" com o crime. O guarda-redes atuou sempre nos Orlando Pirates (um clube do Soweto), do campeonato sul-africano, e recentemente tinha conquistado a titularidade e a braçadeira de capitão da seleção, durante a fase de apuramento para a Taça das Nações Africanas de 2015. Meyiwa deverá ser enterrado no sábado na localidade de Umlazi, nas redondezas de Durban.
  • Selecionador nigeriano foi readmitido 31-10-2014 16:19
    A federação nigeriana de futebol anunciou esta sexta-feira o regresso do treinador Stephen Keshi ao comando da seleção local, menos de 15 dias depois de ter anunciado a sua saída. Demitido das funções de selecionador a 16 de outubro, um dia depois de ter conquistado a primeira vitória das “Super Águias” na qualificação para a Taça das Nações Africanas de 2015 (CAN2015), frente ao Sudão, por 3-1, Keshi foi esta sexta-feira readmitido e já revelou os convocados para a deslocação ao Congo, a 13 de novembro, e a receção à Africa do Sul, cinco dias depois. O responsável pelo comité técnico da federação nigeriana, Felix Anyansi-Agwu, disse hoje que este órgão “decidiu aceitar” a proposta de readmitir Keshi como selecionador para os próximos encontros, que também foi aceite pelo presidente federativo, Amaju Pinnick. Shuaibi Amodu, que tinha sido designado para substituir Keshi, disse concordar com a decisão, realçando a sua confiança na qualificação nigeriana para a CAN2015, quando faltam duas jornadas e ocupa o terceiro lugar do Grupo A, com quatro pontos, a três do Congo e a quatro da África do Sul. “Eu penso que deve ser permitido a Keshi completar a qualificação que começou e julgo que a missão de qualificar a seleção não é impossível”, frisou Amodu, citado pela federação nigeriana.
  • Selecionador nigeriano foi readmitido 31-10-2014 16:19
    A federação nigeriana de futebol anunciou esta sexta-feira o regresso do treinador Stephen Keshi ao comando da seleção local, menos de 15 dias depois de ter anunciado a sua saída. Demitido das funções de selecionador a 16 de outubro, um dia depois de ter conquistado a primeira vitória das “Super Águias” na qualificação para a Taça das Nações Africanas de 2015 (CAN2015), frente ao Sudão, por 3-1, Keshi foi esta sexta-feira readmitido e já revelou os convocados para a deslocação ao Congo, a 13 de novembro, e a receção à Africa do Sul, cinco dias depois. O responsável pelo comité técnico da federação nigeriana, Felix Anyansi-Agwu, disse hoje que este órgão “decidiu aceitar” a proposta de readmitir Keshi como selecionador para os próximos encontros, que também foi aceite pelo presidente federativo, Amaju Pinnick. Shuaibi Amodu, que tinha sido designado para substituir Keshi, disse concordar com a decisão, realçando a sua confiança na qualificação nigeriana para a CAN2015, quando faltam duas jornadas e ocupa o terceiro lugar do Grupo A, com quatro pontos, a três do Congo e a quatro da África do Sul. “Eu penso que deve ser permitido a Keshi completar a qualificação que começou e julgo que a missão de qualificar a seleção não é impossível”, frisou Amodu, citado pela federação nigeriana.
  • Sanção imposta a Zidane suspensa provisoriamente 31-10-2014 15:43
    O Tribunal Administrativo do Desporto (TAD) aceitou a providência cautelar solicitada pelo Real Madrid.
  • Beira-Mar a caminho da insolvência 31-10-2014 15:40
    Os credores do Beira-Mar chumbaram o Processo Especial de Revitalização (PER) do clube, abrindo o caminho à sua insolvência, informou hoje o administrador judicial provisório. Entre os credores que votaram contra o plano de recuperação proposto no âmbito do PER está o município de Aveiro, o maior credor do clube, com cerca de um milhão de euros. A lista de créditos que recaem sobre o Beira-Mar atinge os três milhões de euros. No processo constam 80 credores do clube, incluindo as Finanças, com 260 mil euros, a Federação Portuguesa de Futebol, que reclama 182 mil euros, e a Parvalorem, que gere os ativos do ex-BPN, com 130 mil euros. Entre os credores estão ainda vários ex-dirigentes do Beira-Mar, nomeadamente Caetano Alves, José Cachide, Carlos Nuno Pereira, Mano Nunes e Manuel Simões Madaíl, que reclamam na totalidade mais de 750 mil euros por empréstimos concedidos ao clube. A lista integra ainda, entre outros credores, o ex-jogador Nuno Carvalheiro, que tem a receber 53 mil euros, e dois clubes, o Vitória Sport Clube e a SAD do Marítimo, que pretendem receber, respetivamente, 40 mil e 23 mil euros. A direção do Beira-Mar decidiu avançar com o PER em março passado, invocando que o clube estava a enfrentar "sérias dificuldades" para cumprir pontualmente as suas obrigações, nomeadamente no pagamento aos fornecedores e ao único trabalhador, por falta de liquidez e por não conseguir obter crédito a curto prazo. O Beira-Mar, que procedeu à alienação de 85% da sua equipa profissional de futebol sem ter recebido o pagamento devido contratado, é detentor de um crédito de 3,1 milhões de euros da SAD do clube. Recentemente, a sociedade que gere o futebol do Beira-Mar apresentou um segundo PER, menos de meio ano depois de o tribunal ter homologado um plano que previa o perdão de 80% da dívida do clube.
  • Cabo Verde: Boavista da Praia celebra 75º aniversário com torneio solidário 31-10-2014 15:38
    O torneio nacional de futebol promovido pelo Boavista da Praia, que comemora o 75º aniversário, arranca hoje, e parte dos fundos arrecadados na bilheteira, géneros alimentícios e materiais didácticos revertem-se a favor à Aldeia Infantil SOS. A prova, de acordo com a organização, arranca na noite de hoje no Estádio da Várzea, com os anfitriões a receber o Spartack de Aguadinha, do Fogo, em jogo inaugural aprazado para às 18,30 horas, para duas horas mais tarde os campeões em título de Santiago Sul, Sporting da Praia, receberem o Batuque de São Vicente. O vice-presidente da direcção dos axadrezados, Nivaldo Semedo, assegura que já estão criadas todas as condições para a realização deste torneio quadrangular denominado “I edição da Taça dos Campeões Unitel T+”. Explicou ainda que para além da vertente competitiva e de confraternização, este evento tem a sua vertente social, pelo que no quadro da parceria entre o Boavista Futebol Clube da Praia e a Aldeia SOS foram oferecidos 300 bilhetes a esta instituição para que as crianças possam assistir gratuitamente aos jogos. Afora isto, os espectadores têm entrada gratuita na arquibancada mediante a entrega de 01 quilograma de alimentos não perecíveis ou materiais escolares, que serão revertidos a favor das crianças da Aldeia SOS.

Versão mobile para iPad, iPhone e Android
Email | Webmaster | Mapa do site | Ajuda