• Search area
    • Site
    • Web
  • Search type
    • Web
    • Image
    • News
    • Video
  • FC Porto-Athletic Bilbau : Dragão ferido quer vencer "leões" espanhóis 21-10-2014 08:44
    FC Porto e Athletic Bilbau apenas se encontraram uma vez na Liga dos Campeões e na altura foram os espanhóis que se ficaram a rir.
  • Dragão ferido quer vencer "leões" espanhóis 21-10-2014 08:14
    O FC Porto recebe esta terça-feira o Athletic Bilbau, num jogo que tem tanto de importante como de histórico, uma vez que os bascos apadrinharam a estreia da formação nortenha nas competições europeias, corria a época 1956/57. Além disso, o encontro será especial para Julen Lopetegui, técnico do clube nortenho, que defrontará pela primeira vez uma equipa do País Basco (de onde também é natural) enquanto treinador de um clube. Os bascos, orientados pelo checo Ferdinand Daucík, eram os campeões espanhóis em título (55/56) – à frente do Real Madrid, de Di Stéfano, e do Barcelona, de Kubala – e apresentavam-se, então, como uma das potências do futebol europeu. A primeira mão, disputada no Estádio das Antas, não teve o melhor desfecho e acabou com uma vitória dos espanhóis (2-1) – golos de Matos para os "dragões" e de Gainza e Canito para os visitantes -, o que não augurava um bom prenúncio para a segunda volta, em Bilbau. Seis dias depois (26 de setembro de 1956), três golos de Arteche deram a vitória à formação caseira por 3-2. Os golos lusos foram marcados por Hernâni e pelo brasileiro Jaburu, numa partida onde este acabaria expulso (83’). Os portistas, treinados por Flávio Costa, acabaram afastados na primeira eliminatória daquela que era a segunda edição da Taça dos Campeões Europeus. Como há males que vêm por bem, esta seria a primeira de muitas presenças, recheadas de sucessos, embora este tenha sido o primeiro e único encontro entre as duas equipas até à presente temporada. A favor dos "azuis-e-brancos" está o facto de estes serem mais experientes dos que os "leões" de Bilbau (última participação foi em 1998/99), fruto de terem um maior número de participações na fase de grupos da prova (19 contra as 5 presenças dos bascos) e de o clube espanhol ter sofrido sempre golos contra clubes portugueses. Além disso, o FC Porto também pode gabar-se de ter vencido duas vezes a competição (1986/87 e 2003/04), enquanto o Athletic Bilbau nunca passou dos quartos-de-final, o que aconteceu precisamente no ano em que os homens da Invicta se estrearam na prova. Interessante é também o facto de Lopetegui conhecer bem Iker Muniain e Mikel San José, com quem trabalhou na seleção espanhola de sub-21. O Sporting foi o único clube português que venceu os bascos até agora e logo por duas vezes: em 1985, para a extinta Taça UEFA (3-0) e em 2012, em partida da Liga Europa (2-1). No total, a equipa de Ernesto Valverde soma cinco vitórias, duas derrotas e um empate diante de conjuntos lusos em todas as competições internacionais. Mas há um senão: nos últimos dois anos, os "azuis-e-brancos" foram eliminados de competições europeias por três clubes espanhóis: Málaga (12/13; "oitavos" da "Champions"), Atlético de Madrid (13/14; fase de grupos da liga milionária) e Sevilha (13/14; "quartos" da Liga Europa). O FC Porto é o atual líder do grupo H, com quatro pontos, e é favorito para a vencer o jogo disputado no Estádio do Dragão, frente a um Athletic que ocupa o quarto e último posto, com um ponto. No entanto, terá de tomar em atenção a necessidade de pontos da equipa espanhola, que se sustentará de jogadores como Aritz Aduriz (com seis golos marcados esta época), Iker Muniain, Ander Iturraspe ou Ibai Gómez, médio que aparece na área com frequência para bater a defesa contrária. Já Ager Aketxe é ausência confirmada por estar a recuperar depois de ter partido o dedo do pé. A história é pródiga em factos repetidos, mas por vezes também há homens que desviam o rumo dos acontecimentos. Para isso, é necessário que o FC Porto bata um Athletic bem organizado defensivamente e com bom toque de bola. Jackson Martínez é comandante de uma equipa ferida depois da eliminação na Taça de Portugal no último fim-de-semana, frente aos "leões" portugueses. A confirmar esta terça-feira às 19h45.
  • Dragão ferido quer vencer "leões" espanhóis 21-10-2014 08:14
    O FC Porto recebe esta terça-feira o Athletic Bilbau, num jogo que tem tanto de importante como de histórico, uma vez que os bascos apadrinharam a estreia da formação nortenha nas competições europeias, corria a época 1956/57. Além disso, o encontro será especial para Julen Lopetegui, técnico do clube nortenho, que defrontará pela primeira vez uma equipa do País Basco (de onde também é natural) enquanto treinador de um clube. Os bascos, orientados pelo checo Ferdinand Daucík, eram os campeões espanhóis em título (55/56) – à frente do Real Madrid, de Di Stéfano, e do Barcelona, de Kubala – e apresentavam-se, então, como uma das potências do futebol europeu. A primeira mão, disputada no Estádio das Antas, não teve o melhor desfecho e acabou com uma vitória dos espanhóis (2-1) – golos de Matos para os "dragões" e de Gainza e Canito para os visitantes -, o que não augurava um bom prenúncio para a segunda volta, em Bilbau. Seis dias depois (26 de setembro de 1956), três golos de Arteche deram a vitória à formação caseira por 3-2. Os golos lusos foram marcados por Hernâni e pelo brasileiro Jaburu, numa partida onde este acabaria expulso (83’). Os portistas, treinados por Flávio Costa, acabaram afastados na primeira eliminatória daquela que era a segunda edição da Taça dos Campeões Europeus. Como há males que vêm por bem, esta seria a primeira de muitas presenças, recheadas de sucessos, embora este tenha sido o primeiro e único encontro entre as duas equipas até à presente temporada. A favor dos "azuis-e-brancos" está o facto de estes serem mais experientes dos que os "leões" de Bilbau (última participação foi em 1998/99), fruto de terem um maior número de participações na fase de grupos da prova (19 contra as 5 presenças dos bascos) e de o clube espanhol ter sofrido sempre golos contra clubes portugueses. Além disso, o FC Porto também pode gabar-se de ter vencido duas vezes a competição (1986/87 e 2003/04), enquanto o Athletic Bilbau nunca passou dos quartos-de-final, o que aconteceu precisamente no ano em que os homens da Invicta se estrearam na prova. Interessante é também o facto de Lopetegui conhecer bem Iker Muniain e Mikel San José, com quem trabalhou na seleção espanhola de sub-21. O Sporting foi o único clube português que venceu os bascos até agora e logo por duas vezes: em 1985, para a extinta Taça UEFA (3-0) e em 2012, em partida da Liga Europa (2-1). No total, a equipa de Ernesto Valverde soma cinco vitórias, duas derrotas e um empate diante de conjuntos lusos em todas as competições internacionais. Mas há um senão: nos últimos dois anos, os "azuis-e-brancos" foram eliminados de competições europeias por três clubes espanhóis: Málaga (12/13; "oitavos" da "Champions"), Atlético de Madrid (13/14; fase de grupos da liga milionária) e Sevilha (13/14; "quartos" da Liga Europa). O FC Porto é o atual líder do grupo H, com quatro pontos, e é favorito para a vencer o jogo disputado no Estádio do Dragão, frente a um Athletic que ocupa o quarto e último posto, com um ponto. No entanto, terá de tomar em atenção a necessidade de pontos da equipa espanhola, que se sustentará de jogadores como Aritz Aduriz (com seis golos marcados esta época), Iker Muniain, Ander Iturraspe ou Ibai Gómez, médio que aparece na área com frequência para bater a defesa contrária. Já Ager Aketxe é ausência confirmada por estar a recuperar depois de ter partido o dedo do pé. A história é pródiga em factos repetidos, mas por vezes também há homens que desviam o rumo dos acontecimentos. Para isso, é necessário que o FC Porto bata um Athletic bem organizado defensivamente e com bom toque de bola. Jackson Martínez é comandante de uma equipa ferida depois da eliminação na Taça de Portugal no último fim-de-semana, frente aos "leões" portugueses. A confirmar esta terça-feira às 19h45.
  • Vidales: «Sporting está forte mas é para ganhar» 21-10-2014 04:11
    espera que equipa volte a brilhar em alvalade Nas últimas três épocas, o Marítimo foi a equipa visitante mais concretizadora em Alvalade, onde apontou 6 golos e ganhou por duas vezes. É, aliás, a única formação a ter marcado sempre neste período. O peruano Johnny Vidales, que se estreou a marcar pelos madeirenses no jogo…
  • Rui Duarte rescinde contrato 21-10-2014 00:40
    jogo (na vitória por 3-0 diante do Marítimo B), com a pouca utilização a constituir um dos motivos que levou à rescisão. A administração da SAD poderá avançar para mais rescisões, mas por outras razões: os responsáveis pelo futebol profissional do Olhanense estão a avaliar a atitude e o empenho de
  • Rui Duarte rescinde contrato 21-10-2014 00:40
    jogo (na vitória por 3-0 diante do Marítimo B), com a pouca utilização a constituir um dos motivos que levou à rescisão. A administração da SAD poderá avançar para mais rescisões, mas por outras razões: os responsáveis pelo futebol profissional do Olhanense estão a avaliar a atitude e o empenho de
  • Mundial dos Sem Abrigo: Portugal soma duas vitórias 21-10-2014 00:40
    APENAS PERDEU DIANTE DE HONG KONG A seleção portuguesa de futebol de rua soma duas vitórias e uma derrota nos penáltis no final do segundo dia de jogos no Mundial dos Sem Abrigo, que se disputa até dia 26 na cidade chilena de Santiago. No domingo, no dia de arranque da prova, os portugueses bateram
  • Mundial dos Sem Abrigo: Portugal soma duas vitórias 21-10-2014 00:40
    APENAS PERDEU DIANTE DE HONG KONG A seleção portuguesa de futebol de rua soma duas vitórias e uma derrota nos penáltis no final do segundo dia de jogos no Mundial dos Sem Abrigo, que se disputa até dia 26 na cidade chilena de Santiago. No domingo, no dia de arranque da prova, os portugueses bateram
  • Levante demite José Luís Mendilibar 21-10-2014 00:26
    José Luis Mendilibar deixou hoje de ser treinador do Levante, anunciou hoje o 19.º e penúltimo classificado da Liga espanhola de futebol na sua página oficial na internet. A decisão do despedimento do técnico foi tomada numa reunião de emergência do conselho de administração do clube de Valência. O treinador basco, que substituiu no início da temporada Joaquín Caparrós, conseguiu apenas cinco pontos nas primeiras oito jornadas da Liga espanhola, ocupando o penúltimo lugar da tabela.
  • Levante demite José Luís Mendilibar 21-10-2014 00:26
    José Luis Mendilibar deixou hoje de ser treinador do Levante, anunciou hoje o 19.º e penúltimo classificado da Liga espanhola de futebol na sua página oficial na internet. A decisão do despedimento do técnico foi tomada numa reunião de emergência do conselho de administração do clube de Valência. O treinador basco, que substituiu no início da temporada Joaquín Caparrós, conseguiu apenas cinco pontos nas primeiras oito jornadas da Liga espanhola, ocupando o penúltimo lugar da tabela.

Versão mobile para iPad, iPhone e Android
Email | Webmaster | Mapa do site | Ajuda